Treinar duas vezes ao dia?
Portuguese Basque Catalan English French Galician German Italian Spanish

 

Será que treinar duas vezes é bom também para o atleta de pelotão?

Tudo depende de uma combinação de dois fatores:


1.º - Para que prova se está a preparar (5km , 10km, meia maratona ou maratona);
2.º - E quantos quilómetros semanais está a fazer.

 

Qualquer atleta só deve começar a treinar duas vezes ao dia quando já não consegue dar conta do volume de treino num único treino. Se o atleta consegue fazer toda a quilometragem num único treino, deve continuar assim, pois será beneficiado com um aumento relativo à sua resistência. Quanto mais longos forem os treinos, melhor será a adaptação do organismo ao esgotamento das suas reservas de glicogénio,  também fará os seus músculos aprenderem a queimar mais gordura a uma determinada velocidade. Esta adaptação do seu organismo será melhor estimulada com uma corrida de, por exemplo, 18 km ao contrário de duas corridas de 9 km (uma de manhã e outra à tarde)                   

Para saber a partir de quantos quilómetros semanais se deve começar a treinar duas vezes ao dia, veja a tabela abaixo:

 

Competição alvoQuilometragem semanal a partir da qual se deve treinar 2 vezes ao dia
5 km ou menos 80 km
de 8 a 12 km 96 km
de 15 a 25 km 112 km
de 30 a 42 km 120 km

                         

Quanto mais curtas forem as provas, menor será a distância a partir da qual se deve começar a treinar duas vezes ao dia. Se o atleta se está a preparar para provas de 5 km, os seus treinos de intervalo (séries de 400 metros, por exemplo) são os mais importantes, e precisará de manter as suas pernas descansadas para as fazer. O atleta também vai querer manter um ritmo rápido durante alguns de seus treinos, e isto será mais fácil de fazer durante dois treinos curtos no mesmo dia, ao contrário de um único treino longo.

Mas se o atleta se está a preparar para uma maratona, ele não deve fazer dois treinos ao dia, a não ser que esteja a treinar mais de 120 km por semana. Os maratonistas beneficiam mais dos treinos longos, ao contrário dos atletas de 5 km. Se o atleta vai treinar duas vezes ao dia, o segundo treino deve ser uma corrida em ritmo fácil. Não faça o contrário, pois se o atleta  fizer o treino fácil primeiro e deixar o treino forte para o segundo treino, irá faltar um pouco de energia para este segundo treino. Lembre-se : o segundo treino tem que ser uma corrida em ritmo fácil, para relaxar.

                        

Recomendação

O atleta só deve fazer o segundo treino nos dias em que o primeiro treino for um dos seguintes: treino intervalado (10 x 400m, por exemplo), corrida de ritmo, corrida leve, competição de no máximo 10 km, ou treino de distância média.

NUNCA faça o segundo treino nos dias em que o primeiro treino foi uma corrida longa (o chamado treino longo dos fins de semana).

                         

COMO COMEÇAR:

* Comece a fazer o segundo treino apenas um dia por semana (treine duas vezes num dia, e treine apenas uma vez nos outros seis dias da semana). Faça isso por três semanas, para depois adicionar mais um dia de treino bidiário. Depois de mais três semanas, aumente mais um dia de treino bidiário, e assim sucessivamente até atingir NO MÁXIMO seis dias de treinos bidiários;


* Para valer a pena, o segundo treino tem que ser de NO MÍNIMO 25 minutos. Menos do que isto não vale a pena o esforço extra;


* Em alguns casos e se gostar, o segundo treino pode ser 30 minutos de piscina, por exemplo.